Posts Recentes

Posts em breve
Fique ligado...

Destaques

O fenômeno Pokémon Go e a subversão das lógicas tecnológicas na atualidade



A relação das pessoas com a tecnologia vem se modificando rapidamente ao longo do tempo, conforme novos gadgets, ferramentas e recursos digitais vão sendo lançados e disponibilizados no mercado. Boa parte dos indivíduos possui hoje um aparelho celular, que permite, além da função original de realizar telefonemas, conectar-se à internet, fazer o download de aplicações, ouvir músicas, assistir vídeos, entre inúmeras outras funcionalidades.

Diante da ascensão e influência do digital, é inevitável não se questionar de que forma a tecnologia está modificando a vida das pessoas. Uma das esferas em que tais mudanças têm se mostrado mais evidentes é a do entretenimento: hoje, por exemplo, já há uma infinidade de conteúdos audiovisuais que podem ser acessados de qualquer lugar com conexão à internet, como filmes, músicas, vídeos ou jogos. Não existe mais a obrigatoriedade de se locomover até uma sala de cinema para assistir um filme; nem mesmo o aparelho de televisão tradicional é indispensável. A independência e individualidade são características marcantes do período atual.


Dentro desse cenário, um fenômeno recente tem chamado a atenção por ter se aproveitado de recursos tecnológicos da atualidade para inserir um novo modelo de utilização, que vai na contramão do que vinha sendo feito até então. Trata-se do jogo para aparelhos smartphone Pokémon Go, desenvolvido pela Niantic Labs a partir de uma franquia de sucesso da Nintendo. Pokémon Go propõe que os jogadores saiam de suas casas com os seus celulares e se movimentem entre diferentes pontos de sua cidade, a fim de coletar itens e capturar os personagens que aparecem de maneira aleatória pelo mapa, numa espécie de safári digital. E, após isso, os incentiva a competirem entre si para ganharem a liderança de ginásios espalhados em pontos estratégicos para coletarem moedas e trocarem por itens dentro do próprio jogo.


Ao invés de reforçar práticas que já são comuns entre os usuários das tecnologias, Pokémon Go se apropria dos recursos e ferramentas disponíveis e subverte a sua lógica dominante até então ao propor que as pessoas saiam de suas casas, visitem pontos de sua cidade e interajam entre si. E, mesmo com uma proposta que, a princípio, pudesse parecer arriscada, o jogo transformou-se num sucesso instantâneo e alcançou a marca de 7,5 milhões de downloads ao redor do mundo em apenas três semanas após o seu lançamento.


Especialistas em saúde tem elogiado o jogo por ele encorajar jogadores a caminhar; usuários tem utilizado o aplicativo para explorar sua vizinhança de diferentes maneiras e os negócios locais estão se beneficiando nesse aumento de tráfego; e muitos jogadores inclusive destacaram melhoras em sua saúde mental e bem-estar graças às possibilidades de interação social proporcionadas pelo jogo. De fato, com o fenômeno Pokémon Go, foi possível ver comunidades se reunirem fisicamente e espontaneamente em torno de um interesse em comum, e é muito provável que essas situações não aconteceriam sem o jogo/tecnologia que motivou tais eventos.


A avaliação da influência global deste jogo sobre a dimensão cognitiva, física e emocional da sociedade, neste momento, é, a princípio, conjectural, uma vez que o jogo foi lançado há menos de um ano e o seu futuro ainda é, de certa forma, incerto – inclusive, já foi reportado que o interesse dos usuários tem diminuído e que o número de jogadores ativos continua decrescendo dia após dia. Ainda assim, um estudo do impacto geral do jogo depois de algum tempo fornecerá algumas informações interessantes e levantará uma série de questões que envolvem o papel da tecnologia em uma sociedade mediatizada e nos comportamentos dos usuários de jogos eletrônicos em particular.


Para ler o artigo completo clique aqui.

Fabrício é doutorando em Comunicação e Cultura na UFBA.

#pokemongo #smartphones #mediatização #brincadeiras #jogoseletrônicos

Siga a gente

Nenhum tag.

Tags

Arquivos

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon

©2016 Site desenvolvido por Ticiana Figueirêdo.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now